Nossa História

De 1932 a 1957

Fundada em 30 de setembro de 1932, a Comunidade Evangélica Luterana da Paz (CELPAZ), filiada à Igreja Evangélica Luterana do Brasil (IELB), foi a primeira congregação luterana do Rio de Janeiro. Na ocasião em que foi formalmente criada, os membros se reuniam na rua São Francisco Xavier, 491.

Salão de Cultos na Rua São Francisco Xavier - 1932

Salão de Cultos na Rua São Francisco Xavier - 1932

A construção do templo na Rua Gonçalves Crespo, inaugurado em 12 de setembro de 1937, foi iniciada em resposta ao grande aumento do número de membros.

O estabelecimento e desenvolvimento da comunidade está profundamente ligado à atuação de seu primeiro pastor, o Rev. Rodolfo Hasse, que durante trinta anos exerceu seu ministério pastoral na Congregação e ali trabalhou incansavelmente pela propagação do Evangelho de Cristo. Com base na CELPaz, o Rev. Hasse fundou missões no bairro carioca da Penha e nas cidades de Niterói e Nova Iguaçu. Para além do território fluminense, fundou, em 1950, uma congregação e um ponto de missão em Belo Horizonte. Também levou missões às cidades de Goiânia, Anápolis, Ceres e Uvá – no estado de Goiás – e a São Luís do Maranhão, Fortaleza, Belém e Manaus.

Lançamento da Pedra Fundamental - 1935

Lançamento da Pedra Fundamental - 1935.

Em seus primeiros 25 anos de existência, a CELPaz viveu momentos históricos, como a fundação da União dos Jovens, em 1934, e da União das Servas, no ano seguinte. Hoje em dia, a União dos Jovens é chamada de Juventude Evangélica Luterana da Paz - a JELPaz, e a União das Servas, apenas, Servas. Em 1947, nas dependências do atual gabinete pastoral, o Rev. Rodolpho Hasse iniciou, juntamente com seu filho ­– o Rev. Paulo Hasse –, as transmissões radiofônicas da Hora Luterana – A Voz da Cruz, entidade de caráter evangelístico que ao longo dos anos ampliou seu campo de atuação e hoje, com sede em São Paulo, exerce um sólido trabalho missionário no Brasil e na América do Sul. Durante um período, a Hora Luterana alterou seu nome para CPTN – Cristo Para Todas as Nações. No entanto, hoje, ela retornou a seu nome original: Hora Luterana.

Início da Hora Luterana - 1947

Início da Hora Luterana - 1947.

Pastores da CELPaz entre 1932 e 1957:

  • * Rodolfo Hasse, de 1932 a 1962
  • * Paulo Hasse, de 1943 a 1962

De 1958 a 1982

Neste período, o que se destaca é o desenvolvimento das missões em várias regiões do estado do Rio de Janeiro e a continuação, por outros pastores e obreiros, do trabalho frutífero iniciado pelo Rev. Rodolfo Hasse. Eleito presidente da IELB em 1943, o Rev. Rodolfo Hasse havia delegado parte das atribuições pastorais da comunidade a seu filho Paulo Hasse. O cargo de alcance nacional fez que aumentasse o seu constante zelo para com a expansão da Igreja Luterana não só no Brasil, mas também no exterior. Assim, em 1954, a 32ª Convenção Nacional da IELB decidiu enviar o pastor Rodolfo a Portugal, onde já estivera em 1952 em uma visita de sondagem. Quatro anos depois, o trabalho resultaria na formação da primeira congregação luterana portuguesa, em Lisboa.

O acúmulo de funções, no entanto, não diminuiu o ânimo evangelístico do pastor Rodolfo, e em 1958 a Comunidade da Paz fundou um ponto de missão no município de Itaguaí, no Rio de Janeiro. Em 1962, a Paz mantinha missões em Niterói e Nova Iguaçu e no bairro carioca de Jacarepaguá. A missão da Candelária, localidade do morro da Mangueira, na Zona Norte da cidade do Rio, recebeu especial atenção do Serviço Social da Paz, por meio da distribuição de alimentos a pessoas carentes e de um programa de alfabetização de adultos. O ano de 1962 marcou também a despedida do Rev. Rodolfo e de seu filho. O pastor Paulo Hasse partiu para a capital paulista, enquanto o pai se desligou da CELPAZ para dedicar-se integralmente à Hora Luterana. A direção da Comunidade da Paz passou, então, às mãos do Rev. Erwin Rieger.

O Rev. Nestor Welzel, que vinha de 15 anos de trabalho em Salvador, na Bahia, teve uma breve passagem à frente da Paz em 1966. Após nove meses de instalação, ele recebeu chamado para pastorear a congregação do bairro da Penha, e a diretoria da Paz encorajou-o a aceitar o desafio. Após a saída do Rev. Welzel, a Paz passou sete meses sem pastor efetivo. As atividades pastorais foram desempenhadas pelo estagiário de Teologia Alaor Gueths dos Santos e pelo Rev. Rodolpho Warth, funcionário da Hora Luterana que morava no Rio de Janeiro.

Em fevereiro de 1968, o Rev. Norberto Heine, recém-formado, assumiu o pastorado da Paz. No ano seguinte, as já estabelecidas congregações do Bom Pastor, em Nova Iguaçu, e Cristo Rei, em Itaguaí, desligaram-se da Paz e passaram a constituir novas paróquias. O pastor Heine viria a deixar a Comunidade da Paz em dezembro de 1973, em razão do chamado que recebera da Congregação Cristo, de Porto Alegre. Entre cinco sugestões de candidatos, a Paz escolheu para substituí-lo, em janeiro de 1974, o Rev. Geraldo Walter Stanke, do Recife. Em 1978, o Rev. Deomar Roos foi instalado no cargo de pastor-adjunto. Chamado para ocupar o cargo de secretário-executivo do Departamento de Missão da IELB, o Rev. Geraldo solicitou sua demissão pacífica em 1980. Dois anos mais tarde, para auxiliar o Rev. Deomar nas atividades paroquiais, foi instalado o Rev. Ari Gueths.

Pastores da CELPaz entre 1958 e 1982:

  • * Rodolfo Hasse, de 1932 a 1962
  • * Paulo Hasse, de 1943 a 1962
  • * Erwin Rieger, de 1962 a 1965
  • * Nestor Welzel, de 1966 a 1967 * Norberto Heine, de 1968 a 1973
  • * Geraldo Stanke, de 1974 a 1981
  • * Ari Gueths, de 1982 a 1986

De 1983 até hoje

Ao transpor cinqüenta anos de fundação, a CELPaz prosseguiu no trabalho de propagação do Evangelho e na correta administração dos sacramentos a um número crescente de membros, sem jamais abdicar da sua vocação missionária. Desde 1983, quatro pastores se sucederam à frente da congregação, a saber: o Rev. Ari Gueths, auxiliado pelo pastor Deomar Roos, até 1986; o Rev. Martin Stern, em regime temporário, até 1988; e, até 1994, o Rev. Geraldo Stanke, que já havia pastoreado a CELPaz no período de 1974 a 1981. Em 1995, a comunidade passou a serdirigida pelo Rev. Egon Starosky. A constância no serviço e, muitas vezes, a abnegação de pastores, leigos, servas e jovens têm rendido frutos até os dias de hoje. Com efeito, nos anos recentes a CELPAZ criou dois pontos de missão para atender à necessidade de luteranos que se fixavam em diferentes regiões do Estado do Rio. O primeiro deles começou a funcionar em 1996, no município de Miguel Pereira. Em 1997, entrou em atividade a missão de São Gonçalo.

Em 2006 um grupo numeroso de membros da CELPaz iniciou, juntamente com integrantes de outras paróquias da cidade, as atividades daquela que viria a ser a primeira congregação da IELB na Zona Sul, no bairro de Copacabana. Após cerca de um ano de funcionamento, a jovem Comunidade Cristo Redentor chamou e instalou, em agosto de 2007, o Rev. Paulo Samuel Albrecht, bisneto do Rev. Rodolfo Hasse, pioneiro dos luteranos confessionais no Rio de Janeiro e fundador da CELPaz.

Em 2008, passando o Rev. Egon Starosky por grave enfermidade e estando próximo o tempo de sua aposentadoria, a comunidade se dedicou a planejar e viabilizar a vinda de mais um pastor, e decidiu, em setembro do mesmo ano, chamar o Rev. Herivelton Regiani, que fora seu estagiário de Teologia em 1997.

O pastor Herivelton assumiu o trabalho em Janeiro de 2009, contando com o auxílio do pastor Egon no período de transição. Em agosto de 2009, duas mudanças ocorreram: o pastor Egon aposentou-se, recebendo o título de pastor emérito da IELB; e a CELPAZ ganhou um novo pastor, comissionado especialmente para o trabalho na missão em Miguel Pereira, o Rev. Anildo Nimer.

Em Janeiro de 2011, o pastor Herivelton aceitou chamado para ser capelão em uma das escolas da ULBRA em Canoas, RS. Em Junho, foi instalado e assumiu o trabalho o Rev. Jonas Roberto Flor, vindo de Portugal, onde foi pastor por mais de catorze anos. Em 2012, a CELPaz celebra seus 80 anos com vários cultos festivos, tendo a presença de todos os seus ex-pastores e o Presidente da IELB.

Localização

Rua Gonçalves Crespo, 341
Tijuca, Rio de Janeiro - RJ
Tel.:(21)2568-4398
E-mail:contato@celpaz.org.br

Siga a CELPaz-RJ


Siga Por E-mail

Coloque o seu e-mail:




O FeedBurner te enviará e-mails com novidades da CELPaz.

Compartilhe

Webdesigner-webmaster: Rafael T Juliani

Site: www.rafaeljuliani.co.cc

E-mail: professor@rafaeljuliani.co.cc

IELBIgreja Evangélica Luterana do Brasil